Craft: que negócio é este?

Texto: Tônia Amanda Paz dos Santos

Uma nova onda vem ganhando força no gigantesco oceano virtual da Internet: o craft (do inglês – arte, ofício).

O craft é um termo que vem sendo utilizado no mundo inteiro para designar um novo conceito de trabalho artesanal, mais moderno, conectado e fortemente difundido e compartilhado através da Rede. Duvida? experimente digitar a palavra “craft” em um site de busca para ver o que acontece.

Blog da crafter Thaís Kato: um dos milhares de espaços virtuais dedicados ao craft

Esta nova versão daquilo que, durante muito tempo, foi considerado passa-tempo da vovó, tornou-se popular entre jovens criativos (as) e apaixonados (as) pelas atividades manuais. E, com a renovação do perfil dos artesãos (ou crafters), o próprio conceito de artesanato se transformou, caiu na rede, ficou globalizado e passou a ser conhecido universalmente como craft.

A Internet tem papel fundamental para a popularização do craft no mundo. É no cyberespaço que as ideias são publicadas e compartilhadas. Mas, crafter que se preza não se contenta com cópias. Assim, velhas técnicas ganham ares modernos e sofisticados em mãos talentosas e mentes criativas.

É o caso do crochê. Ele continua enfeitando barras de panos de pratos ou caminhos de mesa, é claro. Mas, também anda fazendo a cabeça da moçadinha mais moderna – com temas divertidos e inusitados – ou virando bijuterias exclusivas, que são verdadeiras jóias.

Tiara infantil de crochê com tema caveira

Bijuteria de crochê, metal e pedraria

Assim como os antigos aparelhos de som que tocavam LPs estão para os jovens aficcionados por música antiga, as máquinas de costura tornam-se, rapidamente, o novo objeto de desejo dos fervorosos apaixonados por craft. Mas, mesmo com agulha comum e linha, é possível produzir peças incríveis. Basta caprichar na criatividade, no trabalho e no acabamento.

Painel para cabeceira de cama em patchwork

Bordado artesanal

Técnica "Embroidered Eggs" (Ovos Bordados)

Vivemos em uma época em que tudo parece massificado, uniformizado, padronizado. Na contramão das tendências de moda, que parecem fazer com que todos fiquem cada vez mais parecidos a manequins estáticos e sem personalidade, estão aqueles que anseiam por um pouco de autênticidade. E, como em nosso tempo isso parece impossível, muitas pessoas andam buscando resgatar hábitos e atitudes que as façam se sentir donas de sua própria vontade e não vítimas de um mercado de consumo que dita e impõe regras e modos de ser e estar no mundo.
 
Desde que me entendo por gente, minha mãe conta, eu já modificava e transformava minhas roupas. Não podia ver uma tesoura que já ia fazendo cortes aqui, rasgos acolá. E até hoje a mania persiste. É só abrir a porta do guarda-roupa para a comichão começar. Em questão de minutos, a calça virou saia e a blusa basiquinha ganhou um novo visual. E, depois que conheci o craft, não são apenas as roupas que são transformadas aqui em casa. Retalhos viram enfeites, embalagens viram porta-trecos, sacos de ráfia, que iriam para o lixo, viram ecobags.

Pretinho básico customizado por mim em 2005

O craft é mais do que um passa-tempo ou terapia- como muita gente diz por aí. É um trabalho que une criatividade, técnica e senso estético. O melhor de tudo é que qualquer pessoa pode se aventurar por esse mundo fantástico, basta um pouquinho de paciência e vontade de aprender. Você se habilita?
 
Links: 
 
Blog da crafter Thaís Kato (Origami em tecido)
Tiara de caveira, by Erica Tricrochê
Bijuteria de crochê, by Como criar bijuteria
Painel Patchwork para cabeceira de cama, by Casa Abril
Ovos bordados, by Círculo S/A
 
Anúncios

6 respostas em “Craft: que negócio é este?

    • Boa noite Carlinha,

      Eu conheci este nova roupagem do bom e velho artesanato há pouco tempo. E quanto mais eu conhecia, mais me identificava com o estilo. Já estou com mil ideinhas na cabeças…rs. Assim que tiver novidades eu publico lá na comunidade.

      Obrigada pela sua presença tão querida aqui no blog, viu? amei.
      Beijos e uma ótima noite.

  1. Olá minha querida amiga Amandita, boa noite! Bom minha querida amiga, não conhecia este trabalho e nem a denominação, mas admiro essa técnica e a criatividade de quem os criam, ficam maravilhosos. Bela postagem minha amiga, adorei passar por aqui e conhecer esta nova técnica de trabalho artesanal. Tenha uma linda a abençoada noite, recheada com muitas alegrias! Abraços com carinho e muita paz!!!

    • Olá meu amigo,

      Até pouco tempo eu também não conhecia este novo conceito (sou do tempo do velho e bom artesanato). Mas, confesso que fiquei entusiasmada e morrendo de vontade de me aventurar por este caminho também. Espero compartilhar, muito em breve, algumas das minhas criações lá no diHITT.

      Abraços e obrigada pelo carinho e pela presença sempre querida.

  2. nossa como são lindas essa coisas
    e bom ver esses produtos artesanato
    pra mim são lindos mesmo.
    queria ter o dom que essas pessoas fazem com
    esses produtos lindo.
    um abraço.

  3. Tônia querida, ponto positivo para a net, os trabalhos manuais são de grande importância para ocupar o tempo dos jovens e tira-los das más companhias que levam ao crime e a droga. É na verdade um efeito dominó.
    Um beijão bela gata!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s